Nossa
História

Criado em 1989, o Colégio Integral surgiu dos desejos e esforços de professores dedicados, movidos por um profundo espírito de equipe e pela fé na legitimidade de seus próprios ideais. Baseados nas propostas pedagógicas do educador francês Célestin Freinet, defendemos uma experiência educacional que ultrapasse o mero aprendizado de conteúdos didáticos obrigatórios e que proporcione aos alunos a plena vivência de valores essenciais como a liberdade, a responsabilidade, a democracia e o respeito a cada indivíduo como ser único.

Princípios e Valores

  • Só se educa com dignidade;
  • À educação basta bom senso;
  • Ordem e disciplina são indispensáveis: vêm da organização do trabalho e da possibilidade de escolha;
  • Professores, alunos e escola devem ser personalizados; o anonimato é a antieducação;
  • Divergência sem confronto, liberdade sem liberalidade e tolerância sem benevolência;
  • A democracia prepara-se pela democracia na escola;
  • Só é possível educar quando se cultiva a esperança.

Filosofia

A escola trabalha no aluno o substrato necessário para exercitar um espírito crítico atual. Nesse sentido, o aluno com formação crítica é aquele que desconstrói o passado e absorve seus valores essenciais, ao passo que avança no seu tempo, observando as transformações do mundo com discernimento próprio, levantando questões sobre a sociedade e sua pluralidade de desafios e realidades. O foco de uma educação Integral é fazer com que o aluno consiga filtrar aquilo que realmente contribui para seu desenvolvimento como pessoa, no sentido lato do termo, ou seja, fazer com que o sujeito faça parte do meio, participando individual e coletivamente, de forma ética, responsável e consciente.

Objetivos

Levar o educando a…

  1. Transformar informação em conhecimento;
  2. Descobrir-se progressivamente, como sujeito e agente do próprio desenvolvimento;
  3. Querer progredir e melhorar sempre, com autonomia, iniciativa e responsabilidade;
  4. Desenvolver qualidades essenciais em si e na relação com o outro, tais como: honestidade, respeito, tolerância, perseverança, gentileza, cooperação, confiança, disciplina e solidariedade;
  5. Proceder com liberdade e individualidade, para aprender a respeitar estes valores em outrem;
  6. Exercitar a criatividade, em busca de soluções novas;
  7. Educar-se pela vida e para a vida, adaptando-se a um mundo em contínuo desenvolvimento;
  8. Desenvolver o raciocínio e o pensamento crítico;
  9. Enfrentar situações desafiadoras desenvolvendo o espírito investigativo;
  10. Suportar e superar frustrações;
  11. Conscientizar-se de seus direitos e deveres para atuar como agente transformador do processo cultural, social e econômico;
  12. Buscar identidade cultural compreendendo e aceitando a diversidade humana;
  13. Conscientizar-se sobre a importância do equilíbrio corpo e mente em busca de qualidade de vida;
  14. Cuidar do planeta Terra.
Topo