Colégio Integral

Tecnologia: solução de nossos problemas

Por aqui a nossa vida é regada pela tecnologia… Quer saber como? Desde o início desse ano, algumas questões nos inquietavam sobre nossa escola; como resolvê-las? A resposta foi bem simples! Com aquele aparelhinho que os alunos teimam em não tirar os olhos! Por isso o professor Gabriel Donatti veio com uma proposta: por que não deixar os alunos pensarem sobre isso? E mais: por que não deixá-los criar a solução? Foi assim que, no ateliê de Design de Interação, os nossos alunos dos 7°s e 8°s anos desenvolveram protótipos de aplicativos (que um dia se tornarão aplicativos de verdade, quem sabe?) que atendem às demandas dos problemas levantados por eles mesmos. Até app para o nosso colégio esses ateliês renderam! Os alunos do 7° ano B criaram um protótipo de um app para facilitar o cotidiano do colégio, incluindo cardápio e reservas da cantina, planner pessoal, fórum de dúvidas e um sistema de motivação para que os alunos participem das atividades pedagógicas encontradas no app.

A cidade de Curitiba está inserida dentro do bioma da Mata Atlântica, onde a vegetação nativa característica é chamada Floresta com Araucárias. Durante a saída de campo, os alunos e alunas observaram as espécies vegetais deste local. O objetivo principal desta atividade foi reconhecer o grupo ancestral e os quatro grandes grupos de plantas, bem como, as mudanças evolutivas e características ecológicas desses grupos. A atividade aconteceu no Bosque Municipal do Papa João Paulo II.

Utilizando diferentes linguagens e ferramentas para apresentar e complementar o conteúdo de Botânica, a professora de Biologia Pollyana recorreu a recursos tecnológicos. Alunos e alunas do 2ª série do Ensino Médio, com seus próprios celulares, puderam utilizar a tecnologia (gratuita) como uma ferramenta de aprendizado do conteúdo de Botânica. A proposta se deu a partir da analogia da “caça ao tesouro”, porém utilizando os recursos tecnológicos online de QR code*.

*Códigos QR, ou QR Codes, são códigos de barras bidimensionais, que podem ser facilmente escaneados com as câmeras de celulares e de tablets. São semelhantes aos códigos de barras de produtos.